Você está aqui: Página Inicial / Internacional / Rússia emite documento para Snowden deixar aeroporto

Internacional

Espionagem

Rússia emite documento para Snowden deixar aeroporto

por Redação — publicado 24/07/2013 11h31, última modificação 24/07/2013 11h46
Ex-analista de inteligência está bloqueado desde o dia 23 de junho em Sheremetyevo, na capital russa
THE GUARDIAN / AFP PHOTO

O serviço de imigração russo forneceu ao ex-consultor de inteligência americano Edward Snowden documentação que permite que ele saia da zona de trânsito do aeroporto Sheremetyevo, em Moscou, onde está há um mês, afirmou nesta quarta-feira 24 a agência de notícias Ria Novosti.

A documentação, assinala a Ria Novosti, permite que Snowden cruze a fronteira russa. Apesar de a agência oficial Itar-Tass ainda não ter confirmado a informação, a Interfax afirmou que Snowden poderá sair do aeroporto nas próximas horas.

No último dia 12, o ex-consultor da CIA declarou a advogados e defensores dos direitos humanos ter pedido asilo político à Rússia para poder viajar "legalmente" para a América Latina. Na região, o americano obteve asilo político de Bolívia, Venezuela e Nicarágua, depois de tê-lo solicitado a mais de 21 países, dentre eles o Brasil.

Extradição. Snowden tem pedido de extradição realizado pelos Estados Unidos, onde é acusado pelo vazamento de informações sobre o programa internacional americano de espionagem de comunicações.

O analista de inteligência criticou os EUA por terem feito dele uma pessoa “sem Estado” (o país cancelou o passaporte do técnico em informática), proibido seu embarque em aviões comerciais e ameaçado com sanções os países que oferecerem asilo a ele.

“Com o asilo fornecido pela Venezuela, meu status de asilado é formal e nenhum Estado tem base para interferir ou limitar meu direito de aproveitar desse asilo. Entretanto, alguns governos da Europa Ocidental e Estados norte-americanos demonstraram vontade de agir fora da lei, e esse comportamento persiste.”

*Com informações da AFP