Você está aqui: Página Inicial / Internacional / Sérvia aprova acordo com Kosovo e abre caminho para a UE

Internacional

Conflito

Sérvia aprova acordo com Kosovo e abre caminho para a UE

por AFP — publicado 22/04/2013 17h17
Após sinal de normalização, Comissão Europeia recomenda que sejam abertas negociações com o governo de Belgrado
Protesto na Sérvia

Ultranacionalistas sérvios fazem protesto em Belgrado no domingo 21. Eles não querem o país na UE e defendem que o governo reivindique direitos sobre Kosovo. Foto: Alexa Stankovic / AFP

O governo sérvio aprovou nesta segunda-feira 22 o acordo para normalizar as relações com Kosovo, assinado em 19 de abril com a mediação da União Europeia (UE). A aprovação se dá 14 anos depois do fim da guerra sérvio-kosovar, uma das várias que se seguiu ao desmantelamento da Iugoslávia, e abre o caminho para a Sérvia entrar na União Europeia. Após o anúncio do governo sérvio, a Comissão Europeia recomendou de imediato a abertura das negociações de adesão da Sérvia.

"Belgrado aceitou o primeiro acordo sobre os princípios que regulamentam a normalização das relações, que é resultado do diálogo com Kosovo em Bruxelas. O governo ordenou aos ministérios tomar as medidas para aplicar o acordo", afirma um comunicado do gabinete do primeiro-ministro sérvio, Ivica Dacic.

Em Pristina, capital do Kosovo, durante a noite, o Parlamento adotou uma resolução que expressa o "apoio e aprovação ao acordo sobre a normalização das relações" entre Kosovo e Sérvia.

Após o anúncio, a Comissão Europeia recomendou a abertura de negociações de adesão da Sérvia à União Europeia. "A Comissão considera que a Sérvia cumpriu com o critério prioritário que consiste em adotar medidas para melhorar de forma visível e duradoura suas relações com Kosovo", afirma a Comissão em um relatório entregue aos ministros da UE responsáveis pelos Assuntos Europeus. "Em consequência, a Comissão recomenda a abertura de negociações com a Sérvia para uma adesão à União".

Paralelamente, a Comissão Europeia propôs a abertura de negociações com o objetivo de concluir um acordo de associação entre a UE e Kosovo. A decisão de seguir ou não as recomendações da Comissão ficará a cargo dos chefes de Estado e de governo europeus durante uma reunião no fim de junho.

registrado em: