Você está aqui: Página Inicial / Internacional / Senado russo aprova uso de tropas em território ucraniano

Internacional

Tensão na Europa

Senado russo aprova uso de tropas em território ucraniano

por AFP — publicado 01/03/2014 14h04
Após pedido de Vladimir Putin, alta câmara do parlamento votou pelo uso das forças armadas "até que se normalize a situação política" na Ucrânia
Yury Kirnichny / AFP
Ucrânia

Manifestação em frente à embaixada russa na Ucrânia

Moscou (AFP) - O senado russo aprovou neste sábado 1, por unanimidade, o uso de tropas russas em território ucraniano, como havia pedido o presidente, Vladimir Putin. Reunido em sessão extraordinária, o Conselho da Federação, câmara alta do parlamento, votou pelo uso das "Forças Armadas russas em território ucraniano até que se normalize a situação política naquele país", "devido à situação extraordinária na Ucrânia e à ameaça à vida dos cidadãos russos, de nossos compatriotas".

Putin havia pedido ao Senado que autorizasse o uso das Forças Armadas no território da Ucrânia até a normalização da situação política, informou o Kremlin em um comunicado.

A fórmula usada sugere que a Rússia poderia usar tanto a frota no Mar Negro, que já se encontra na Crimeia devido a um acordo bilateral entre Moscou e Kiev, quanto outras tropas russas.

O senado russo também pediu a Putin que convoque para consultas o embaixador da Rússia nos Estados Unidos, por considerar que o presidente americano, Barack Obama, havia cruzado "a linha vermelha" e "humilhado o povo russo", indicou o vice-presidente da câmara alta, Yuri Vorobev. Obama declarou ontem que qualquer intervenção militar na Ucrânia teria "um custo".

Leia mais em AFP Móvel.

registrado em: ,