Você está aqui: Página Inicial / Internacional / Rudolph Giuliani assessora Keiko Fujimori nas eleições do Peru

Internacional

Reforço de campanha

Rudolph Giuliani assessora Keiko Fujimori nas eleições do Peru

por Redação Carta Capital — publicado 17/05/2011 16h01, última modificação 17/05/2011 16h01
Ex-prefeito de Nova York, famoso por controlar a criminalidade na cidade americana, visitou Lima, capital do Peru, para propor políticas de segurança

A candidata à presidência do Peru Keiko Fujimori ganhou na reta final da campanha o reforço de Rudolph Giuliani, ex-prefeito de Nova York (1994-2001) que ficou conhecido por diminuir a criminalidade na cidade com uma política “mão de ferro”. Giuliani, que vai prestar assessoria à candidata em assuntos de segurança social, visitou diversos locais de Lima, a capital peruana, na segunda-feira 16, para avaliar a situação.

Antes, o ex-prefeito enviou dois especialistas para Lima, que fizeram análises sobre a situação durante dois meses, com os quais vai traçar as recomendações para Fujimori. Giuliani atua como consultor de segurança, e já trabalhou em outros países da América Latina, como Brasil, Colômbia e México.

Giuliani afirmou ao jornal espanhol El País que se assustou com a percepção de insegurança da população peruana. Segundo ele, porém, os programas devem se ajustar à realidade de cada local. “Antes de fazer recomendações, é preciso conhecer a população, porque não há um único método que possa ser usado em todas as cidades”. Ele ainda completou que, apesar da consultoria, os índices de criminalidade não terão queda imediata.

Eleições

Keiko, filha do ex-presidente Alberto Fugimori, que cumpre pena de 25 anos por violação dos direitos humanos em seus dois governos (1990 – 2000), lidera as pesquisas de intenção de votos para o segundo turno da corrida presidencial. A candidata tem 52,9% contra 47,1% de Ollanta Humala, segundo pesquisa da CPI, divulgada no domingo 15. As eleições acontecem em 5 de junho.

registrado em: