Você está aqui: Página Inicial / Internacional / Rebeldes armados aceitam desocupar a cidade de Goma, no Congo

Internacional

África

Rebeldes armados aceitam desocupar a cidade de Goma, no Congo

por AFP — publicado 27/11/2012 13h22, última modificação 27/11/2012 13h22
Os rebeldes do M23 aceitaram se retirar de Goma e iniciar as negociações diretas com o presidente congolês, Joseph Kabila, após acordo alcançado em Kampala, Uganda

KAMPALA, Uganda (AFP) - Os rebeldes congoleses do M23, em luta contra as Forças Armadas da República Democrática do Congo (RDC) na província de Kivu Norte (leste), aceitaram deixar a cidade de Goma, a capital provincial, informou um dos líderes do movimento, que não divulgou uma data.
Questionado pela AFP sobre o acordo alcançado em Kampala, capital de Uganda, entre a rebelião e a mediação de vários países da região, o coronel Antoine Manzi confirmou a aceitação.
"Pediram que nos retirássemos de Goma para começar as negociações com o governo", disse.

registrado em: