Você está aqui: Página Inicial / Internacional / Promotoria italiana quer julgar Berlusconi

Internacional

Itália

Promotoria italiana quer julgar Berlusconi

por Redação Carta Capital — publicado 09/02/2011 10h21, última modificação 09/02/2011 13h26
Promotores pedem na Justiça o indiciamento do primeiro-ministro por conta do caso Ruby e por abuso de poder. Da Redação

Promotores pedem na Justiça o indiciamento do primeiro-ministro por conta do caso Ruby e  abuso de poder

A Promotoria de Milão formalizou nesta quarta-feira 9 o pedido de julgamento pela Justiça do primeiro-ministro da Itália Silvio Berlusconi, por conta da suposta incitação à prostituição da menor Kharima El-Marough, apelidada de Ruby; e também por abuso de poder.

Os promotores afirmam, com base em um dossiê com mais de 300 páginas, que Berlusconi pagou para fazer sexo com Ruby, com então 17 anos. O caso veio à tona, quando, acusada de furtar 3 mil euros da bolsa de uma amiga, ela foi parar na prisão, mas solta a pedido do premier italiano, configurando abuso de seu poder e uso de pressão sobre a  polícia milanesa para  libertar a garota.

A defesa de Berlusconi nega as acusações e diz que são motivadas por parlamentares de esquerda que querem acabar com sua carreira política.

Agora o juiz terá cinco dias para decidir sobre o caso.

registrado em: