Você está aqui: Página Inicial / Internacional / Primeiro-ministro sírio escapa de atentado, diz TV estatal

Internacional

Guerra Civil

Primeiro-ministro sírio escapa de atentado, diz TV estatal

por Deutsche Welle publicado 29/04/2013 09h13, última modificação 26/06/2013 12h53
Bomba explodiu ao lado do carro do premiê Wael al-Halqi na capital Damasco, informa a imprensa síria. Ele teria saído ileso do atentado
000_nic6212579.jpg-5513.html

Imagem mostra a destruição provocada pela explosão que teria como alvo o primeiro-ministro da Síria, nesta segunda-feira 29, em Damasco. Foto: Louai Beshara / AFP

O primeiro-ministro da Síria, Wael al-Halqi, escapou de uma tentativa de atentado nesta segunda-feira 29, quando uma bomba explodiu perto do carro que o conduzia por um bairro de Damasco, informou a imprensa estatal síria.

Segundo a televisão Al-Ikhbariya, Halqi escapou ileso do atentado, que aconteceu no bairro de Mazzeh. Um dos guarda-costas do premiê morreu. O motorista do carro e um segundo guarda-costas ficaram gravemente feridos, afirmou o Observatório Sírio para os Direitos Humanos, grupo oposicionista sediado em Londres.

A televisão exibiu imagens de destroços dos carros atingidos, enquanto bombeiros tentavam controlar o fogo gerado pela explosão. “A explosão terrorista em Mazzeh foi uma tentativa de atingir o comboio do primeiro-ministro, e o doutor Wael al-Halqi não teve ferimentos”, informou a televisão síria.

Um funcionário do governo sírio declarou à agência de notícias AP que uma bomba caseira foi colocada debaixo de um carro estacionado e detonada no momento em que o carro com Halqi passava. O ataque em uma área que abriga várias embaixadas é considerado mais um golpe no governo do presidente Bashar al-Assad.

AS/ap/afp
Edição: Francis França
www.dw.de/brasil