Você está aqui: Página Inicial / Internacional / Primeiro-ministro quer propor cessar-fogo imediato

Internacional

Líbia

Primeiro-ministro quer propor cessar-fogo imediato

por Agência Brasil publicado 26/05/2011 10h22, última modificação 26/05/2011 10h22
Segundo ele, o governo de Muammar Khadafi está pronto para iniciar negociações, declarar anistia e discutir uma nova Constituição

Da Agência Lusa

Brasília – O primeiro-ministro da Líbia, Baghdadi Mahmoudi, pretende propor um cessar-fogo imediato à Organização das Nações Unidas (ONU). Segundo ele, o governo de Muammar Khadafi está pronto para iniciar negociações, declarar anistia e discutir uma nova Constituição. “A futura Líbia será radicalmente diferente daquela que existia há três meses”, afirmou Baghdadi Mahmoudi.

“Esse sempre foi o nosso projeto, mas agora devemos acelerar o processo”, disse Mahmoudi. “Para isso, devemos terminar com os combates, começar a discutir, conseguir um acordo sobre uma nova Constituição e criar um sistema de governo baseado na realidade da nossa sociedade.”

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, e o primeiro-ministro da Grã-Bretanha, David Cameron, reiteraram ontem (25) que estão comprometidos em manter as operações militares na Líbia até que Khadafi renuncie ao poder. O secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, apelou às autoridades líbias para um “verdadeiro cessar-fogo” e “negociações sérias”.

No último dia 15, o primeiro-ministro líbio afirmou que o regime de Khadafi estava pronto para um cessar-fogo imediato que coincidiria com o fim dos ataques da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan). Desde meados de março há ataques aéreos na Líbia.

*Matéria publicada originalmente em Agência Brasil

registrado em: