Você está aqui: Página Inicial / Internacional / Presidente israelense convoca Liga Árabe a intervir na Síria

Internacional

Oriente Médio

Presidente israelense convoca Liga Árabe a intervir na Síria

por AFP — publicado 12/03/2013 10h56, última modificação 12/03/2013 10h56
Para Shimon Peres, a Liga Árabe deve formar um governo provisório na Síria a fim de "colocar fim ao massacre e evitar o colapso da Síria"

ESTRASBURGO, França (AFP) - O presidente israelense, Shimon Peres, convocou na segunda-feira 11 a Liga Árabe a intervir na Síria para "colocar fim ao massacre" neste país."A Liga Árabe pode e deve formar um governo provisório na Síria para colocar fim ao massacre (...) A ONU deve apoiar uma força de capacetes azuis árabes", disse Peres perante o Parlamento Europeu em Estrasburgo.

O mundo livre "não pode tolerar um massacre" como o que o presidente sírio, Bashar al-Assad, realiza contra os cidadãos do país, acrescentou. "Quebra nosso coração", afirmou no discurso, o primeiro de um líder israelense na Eurocâmara em décadas. Foi aplaudido pelos mais de 700 eurodeputados presentes.

Peres advertiu que o presidente sírio, Bashar al-Assad, é uma ameaça para toda a região e também para a Europa pelo fato de ter um arsenal de armas químicas. Por isso, convocou a Liga Árabe a intervir o quanto antes.

"A intervenção de forças ocidentais seria vista como uma ingerência estrangeira" no conflito, disse. "A Liga Árabe deve evitar o colapso da Síria", acrescentou.

         

registrado em: