Você está aqui: Página Inicial / Internacional / Presidente da Síria autoriza multipartidarismo

Internacional

Oriente Médio

Presidente da Síria autoriza multipartidarismo

por Agência Brasil publicado 04/08/2011 09h13, última modificação 04/08/2011 09h14
O decreto presidencial permite a entrada em vigor imediata da medida sem ser necessária a aprovação do Parlamento

O presidente da Síria, Bashar Al Assad, promulgou nesta quinta-feira 4 decreto que autoriza o multipartidarismo no país. A iniciativa atende a uma das principais reivindicações dos manifestantes que intensificaram os protestos em todo o país, entrando em confrontos com forças oficiais.

No fim do mês passado, o governo Assad adotou um diploma que previa a autorização do multipartidarismo em um país governado pelo Baas (partido do presidente da República) desde 1963. O decreto presidencial permite a entrada em vigor imediata da medida sem ser necessária a aprovação do Parlamento.

Apenas nesta quarta-feira 3 pelo menos 45 civis foram mortos em Hama – cidade que se transformou em símbolo da resistência ao governo - durante o avanço de tanques das forças de segurança sírias, que ocuparam o centro da cidade. Segundo moradores, todas as comunicações foram cortadas.

Ativistas dos direitos humanos informaram que desde o início da ofensiva  no último domingo 31, que coincidiu com o mês sagrado do Ramadã – dedicado pelos muçulmanos ao jejum e às orações -, já morreram mais de 90 pessoas na cidade, situada no Oeste da Síria e a quarta maior do país, com cerca de 700 mil habitantes.

*Matéria publicada originalmente na Agência Brasil

registrado em: