Você está aqui: Página Inicial / Internacional / Por telefone, Dilma parabeniza Bachelet e reforça parceria com Chile

Internacional

Eleição no Chile

Por telefone, Dilma parabeniza Bachelet e reforça parceria com Chile

por Agência Brasil publicado 16/12/2013 19h24
Presidenta brasileira confirmou presença na posse de Michelle Bachelet, marcada para 11 de março de 2014
Martin Bernetti/ AFP
Michelle Bachelet vence eleição presidencial no Chile

Após governar entre 2006 e 2010, Michelle Bachelet venceu Evelyn Matthei com 62,1% dos votos contra 37,8%

A presidenta Dilma Rousseff telefonou nesta segunda-feira 16 para a presidenta eleita do Chile, Michelle Bachelet, para cumprimentá-la pela vitória nas eleições.

A presidenta cumprimentou Bachelet pelo "ótimo desempenho nas eleições presidenciais chilenas". A socialista obteve 63% dos votos no segundo turno, derrotando a adversária Evelyn Matthei. Bachelet é a primeira mulher a ser reeleita no Chile, após governar o país entre 2006 e 2010.

Segundo a assessoria de imprensa do Planalto, a ligação durou cerca de cinco minutos e Dilma manifestou o desejo de que o "Brasil e Chile possam trabalhar juntos por uma América do Sul cada vez mais forte". De acordo com o Blog do Planalto, a presidenta brasileira também confirmou presença na posse de Bachelet, marcada para 11 de março de 2014.

"Bachelet agradeceu o telefonema e disse que pretende trabalhar em estreita parceria com o Brasil após assumir a Presidência do Chile", informou o Blog do Planalto.

Pela manhã, Dilma disse, pelo Twitter, que Brasil e Chile têm muito a cooperar e construir juntos e que está certa de que seu governo e o de Bachelet vão aprofundar ainda mais as relações entre os dois países.