Você está aqui: Página Inicial / Internacional / Oscar Pistorius é detido por suspeita de matar a namorada

Internacional

Crime

Oscar Pistorius é detido por suspeita de matar a namorada

por Redação Carta Capital — publicado 14/02/2013 10h01, última modificação 14/02/2013 10h02
A modelo Reeva Steenkamp foi encontrada morta na casa do atleta paralímpico sul-africano em Pretória

O atleta paralímpico sul-africano Oscar Pistorius, o primeiro da história a disputar também as Olimpíadas, foi detido nesta quarta-feira 14, em Pretória, acusado de matar a namorada, a modelo Reeva Steenkamp. As circustância da morte da mulher ainda estão envoltas em mistério.

Há relatos, como o do jornal Beeld, segundo o qual Pistorius teria atirado em Reeva após confundi-la com um ladrão que, supostamente, teria invadido sua residência. Ao jornal News 24, também da África do Sul, a porta-voz da polícia local, Denise Beukes, disse que essa versão não faz parte dos relatórios oficiais realizados pelos investigadores. De acordo com a porta-voz, a polícia ficou sabendo desta versão pelo rádio.

Segundo a porta-voz, a casa não tem sinais de arrombamento. A polícia afirmou que "houve relatos anteriores de incidentes domésticos" na casa de Pistorius e que eles farão parte da investigação. O corredor está cooperando com a polícia. De acordo com o Beeld, a mulher recebeu tiros na cabeça e em um braço, e morreu na residência.

Um perfil de Pistorius publicado pela New York Times Magazine em janeiro de 2012 mostrou que o corredor tinha uma paixão por armas. O sul-africano, inclusive, levou o autor da reportagem para um clube de tiro onde mostrou sua habilidade com uma pistola 9 milímetros.

Segundo o News 24, em novembro Pistorius trocou socos com o produtor de tevê Quinton van der Burgh por conta da suposta infidelidade de uma garota de 18 anos que o atleta estaria namorando. De acordo com o mesmo jornal, Van der Burgh chegou a prestar queixa por intimidação contra Pistorius, após os dois terem trocado ameaças via mensagens de telefone celular. Pistorius teria também trocado ameaça com o ex-jogador de futebol Marc Batchelor, amigo de Van der Burgh.

Jogos Olímpicos e Paralímpicos

Pistorius, conhecido como "Blade Runner" pelas lâminas de fibra de carbono que usa para correr, fez história no ano passado em Londres ao tornar-se o primeiro corredor amputado a participar em uma edição de Jogos Olímpicos. Quatro anos antes, ele havia obtido na Justiça o direito de disputar os Jogos Olímpicos de Pequim, mas não conseguiu a marca mínima para defender a equipe sul-africana.

Pistorius já disputou três edições dos Jogos Paralímpicos. O atleta conquistou quatro medalhas de ouro, uma de prata e outra de bronze.

Com informações da AFP

registrado em: ,