Você está aqui: Página Inicial / Internacional / Oposição ocupa cadeira da Síria em reunião da Liga Árabe

Internacional

Oriente Médio

Oposição ocupa cadeira da Síria em reunião da Liga Árabe

por AFP — publicado 26/03/2013 10h32, última modificação 26/03/2013 10h32
O convite formal para a Coalização Nacional Síria ocupar a cadeira do país, vaga desde novembro de 2011, veio do emir do Qatar devido a "legitimidade que [a oposição] goza na Síria e o apoio que tem no exterior"
Síria

Espaço vazio reservado à delegação síria durante a reunião preparatória do evento. Foto: ©afp.com

DOHA (AFP) - A oposição rebelde ocupou a cadeira da Síria na abertura de uma reunião árabe nesta terça-feira 26 em Doha, onde a bandeira da revolução síria tomou o lugar da bandeira do regime de Damasco, comandado por Bashar al-Assad.

O emir do Qatar, xeque Hamad ben Khalifa al-Thani, convidou o presidente da Coalizão Nacional Síria, Ahmad Moaz al-Khatib, e o primeiro-ministro interino, Ghasan Hito, para sentar ao lado dos chefes de Estado árabes e eles atenderam ao chamado.

Em seu discurso, o emir pediu "uma solução política na Síria", e descartou que o regime de Assad continue no poder.

O emir justificou a concessão da cadeira à oposição ao citar a "legitimidade que goza na Síria e o apoio que tem no exterior". A cadeira da Síria estava vazia desde novembro de 2011.

Dezenas de países e de organizações internacionais consideram a Coalizão Nacional como a representante legítima do povo sírio.

Leia mais em AFP Movel.

registrado em: ,