Internacional

Líbia

ONU reconhece legitimidade do CNT

por Agência Brasil publicado 16/09/2011 14h54, última modificação 16/09/2011 14h58
Decisão vai permitir que o presidente do Conselho Nacional de Transição, Mustafa Abdul Jalil, participe da próxima Assembleia Geral da ONU dia 21

Por Renata Giraldi*

A Organização das Nações Unidas (ONU) reconheceu nesta sexta-feira 16 o Conselho Nacional de Transição (CNT) - comandado pela oposição ao presidente da Líbia, Muammar Khadafi – como governo provisório e representante legítimo do país.

O reconhecimento foi obtido por 114 votos a favor, 17 contrários e 15 abstenções. A decisão vai permitir que o presidente do CNT, Mustafa Abdul Jalil, participe da Assembleia Geral das Nações Unidas, em Nova York, que será aberta no próximo dia 21.

A medida é um importante passo do CNT em busca por legitimidade internacional – o conselho é considerado por cerca de 60 países como o governo legítimo da Líbia. O governo do Brasil ainda não reconheceu o conselho.

O ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota, disse em várias ocasiões que o governo brasileiro aguardava a posição da ONU para definir sobre o CNT. Porém, o Brasil mantém um interlocutor permanente com o conselho, o embaixador Cesário Melantonio Neto.

A presidenta Dilma Rousseff, Patriota e mais cinco ministros participarão das reuniões da Assembleia Geral da ONU na próxima semana, em Nova York.

*Matéria publicada originalmente na Agência Brasil

registrado em: