Você está aqui: Página Inicial / Internacional / Obama tem projeto para acabar com 'grampos' da NSA

Internacional

Espionagem

Obama tem projeto para acabar com 'grampos' da NSA

por AFP — publicado 25/03/2014 10h25
Segundo o jornal New York Times, as companhias telefônicas não precisarão reter as informações por mais tempo que o normal. NSA poderá ter acesso com autorização judicial
Yves Herman / AFP

Washington (AFP) - O governo do presidente Barack Obama prepara um projeto de lei para acabar com a polêmica vigilância das comunicações telefônicas realizada pela Agência Nacional de Segurança (NSA), informou nesta segunda-feira a imprensa americana. "A NSA colocará fim a sua sistemática de obter dados a partir de telefonemas dos americanos", revela o site do jornal The New York Times, que cita funcionários do governo.

"Os registros permanecerão com as companhias telefônicas, que não precisarão reter as informações por mais tempo que o normal. A NSA poderá ter acesso a registros específicos, mas apenas com a autorização de um juiz, utilizando um novo tipo de ordem judicial", afirma o Times.

O projeto de lei do governo buscará estender - por mais 90 dias - o período de autorização para o atual programa de vigilância. Após este prazo (...) será submetido a importantes mudanças".

As mudanças incluirão um prazo menor para a NSA reter informações. O prazo atualmente é de cinco anos.

A proposta do governo Obama também inclui "um papel judicial para determinar se há um nível de suspeita necessário para justificar o monitoramento telefônico antes que a NSA possa obter os dados", revela o New York Times.

O vazamento de informações por parte do ex-analista de Inteligência Edward Snowden sobre a espionagem das comunicações realizada pela NSA gerou indignação em todo o planeta.

Leia mais em AFP Móvel

registrado em: , ,