Você está aqui: Página Inicial / Internacional / Mundo deve reagir a teste norte-coreano para enviar sinal ao Irã, diz John Kerry

Internacional

Armas nucleares

Mundo deve reagir a teste norte-coreano para enviar sinal ao Irã, diz John Kerry

por AFP — publicado 13/02/2013 19h05, última modificação 13/02/2013 19h05
Para secretário de Estado dos EUA, é preciso decisão "forte e confiável" para impedir "esforços irresponsáveis" destes países

WASHINGTON (AFP) - O secretário de Estado americano, John Kerry, pediu nesta quarta-feira 13 que os líderes mundiais tomem uma decisão "forte e confiável" depois do teste nuclear realizado pela Coreia do Norte, para mostrar ao Irã a seriedade da comunidade internacional sobre a não-proliferação.

"Isto é sobre proliferação e é também sobre o Irã porque estão relacionados", disse após uma conversa com o ministro das Relações Exteriores jordaniano, Nasser Judeh. Está prevista a retomada das negociações com Teerã sobre seu programa nuclear.

 

"Assim como é inadmissível que a Coreia do Norte mantenha estes esforços irresponsáveis, dizemos que isto é inadmissível em relação ao Irã. Nossa resposta a isso terá um impacto em todas as outras tentativas de proliferação", afirmou.

Em seu discurso sobre o estado da União pronunciado na noite de terça-feira 12, o presidente americano, Barack Obama, prometeu "iniciativas firmes" com os aliados de Washington contra a Coreia do Norte. Nos últimos dias, Pyongyang suscitou a indignação na comunidade internacional com seu terceiro teste nuclear desde 2006.

Kerry disse que os EUA se dedicarão a adotar na ONU medidas severas contra Pyongyang por um teste que classificaram de "irresponsável e provocativo", em aberto desafio às resoluções da ONU.

Leia mais em AFP Movel.

registrado em: ,