Você está aqui: Página Inicial / Internacional / Monumentos de Buenos Aires ficam no escuro por falta de pagamento

Internacional

Argentina

Monumentos de Buenos Aires ficam no escuro por falta de pagamento

por AFP — publicado 26/07/2012 10h46, última modificação 06/06/2015 18h19
As distribuidoras cortaram o fornecimento de luz após inúmeras tentativas de receber da prefeitura os 10,8 milhões de dólares em dívidas
monumento

O Obelisco, um dos monumentos mais conhecidos de Buenos Aires. Foto: ©AFP / Juan Mabromata

BUENOS AIRES (AFP) - As principais praças, parques e monumentos de Buenos Aires, incluindo o emblemático Obelisco, estavam as escuras na noite desta quarta-feira 25 por falta de pagamento da administração local às empresas de eletricidade.

"O Obelisco está as escuras, do mesmo modo que os bosques de Palermo", informou a TV, mostrando vários locais públicos na penumbra.

As distribuidoras de eletricidade Edenor e Edesur decidiram cortar o fornecimento após inúmeras tentativas para receber os 50 milhões de pesos (10,8 milhões de dólares) devidos pela administração do prefeito Mauricio Macri.

O apagão atinge ainda a Fonte das Nereidas e o Monumento aos Espanhóis, no bairro de Palermo.

Macri, adversário da presidente Cristina Kirchner, se nega a pagar a dívida surgida com o fim do subsídio concedido pelo governo federal, no final do ano passado.

A Edenor informou que nos próximos dias cortará a energia em outros pontos do município, "para defender seu patrimônio e aplicando os mesmos critérios que a qualquer cliente moroso".

Edesur e Edenor garantem que o fornecimento a instalações essenciais, como escolas, hospitais e delegacias, será preservado.

Leia mais em AFP Movel.

registrado em: