Você está aqui: Página Inicial / Internacional / Subcomandante Marcos deixa a liderança do Exército Zapatista

Internacional

México

Subcomandante Marcos deixa a liderança do Exército Zapatista

por AFP — publicado 26/05/2014 09h23
O enigmático Marcos anunciou que deixaria a liderança do movimento armado por causa de "mudanças internas" no grupo
Jorge Uzon / AFP

O enigmático líder da guerrilha mexicana Exército Zapatista de Libertação Nacional (EZLN), o subcomandante Marcos, anunciou neste domingo 25 que deixa a liderança do movimento armado, alegando "mudanças internas" no grupo.

"A substituição no comando não se dá por doença, ou morte, nem por deslocamento interno, disputa, ou depuração", garantiu o subcomandante Marcos, cujo verdadeiro nome é Rafael Sebastián Guillén. Ele alegou que a saída foi ocasionada por "mudanças internas que o EZLN tem e teve".

O EZLN foi criado em 1994 no empobrecido estado de Chiapas com o objetivo de defender os direitos da população indígena.

Em seu comunicado de mais de dez páginas escrito com seu característico tom irônico, o subcomandante afirma que, de acordo com a liderança do EZLN, decidiu-se que "Marcos deixa de existir hoje".

"Por minha voz, o Exército Zapatista de Libertação Nacional não falará mais", resumiu o ex-líder rebelde, no momento em que se completa 20 anos do surgimento da guerrilha. O movimento obteve o reconhecimento de organizações de defesa dos direitos humanos de todo o mundo, ao denunciar as violações dos direitos dos indígenas.

Leia mais em AFP Móvel

registrado em: ,