Você está aqui: Página Inicial / Internacional / Merkel e Sarkozy querem novo imposto

Internacional

Crise do Euro

Merkel e Sarkozy querem novo imposto

por Redação Carta Capital — publicado 16/08/2011 17h19, última modificação 16/08/2011 17h24
Em reunião, os governantes propuseram a criação de um imposto sobre transação financeira até e um novo Conselho Econômico para a região

A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, e o presidente da França, Nicolas Sarkozy vão propor uma série de mudanças para tentar conter a crise na zona do Euro. Entre elas, a criação de um imposto sobre transação financeira até o mês de setembro e um novo Conselho Econômico para os países da União Europeia.

Segundo eles, a Linha de Estabilidade Financeira Europeia seria suficiente para lidar com os problemas da região. O Conselho proposto se reuniria duas vezes por ano, como uma verdadeira governança econômica.

Governando os países mais fortes da região, os dois querem implantar uma regra de ouro (golden rule), que seria a obrigação para as demais nações equilibrarem suas finanças públicas.

Sarkozy disse que defenderá o Euro, apesar de muitos analistas atestarem que a moeda provavelmente morrerá, tendo em vista a recessão intensa que atinge boa parte dos países.

Os governantes afirmaram que o eurobônus, emissão de títulos para arrecadar dinheiro em moeda estrangeira, será a última saída para melhorar a situação do continente.

registrado em: