Você está aqui: Página Inicial / Internacional / Manifestantes pedem renúncia de Berlusconi

Internacional

Itália

Manifestantes pedem renúncia de Berlusconi

por Redação Carta Capital — publicado 07/02/2011 11h39, última modificação 07/02/2011 16h21
Nas ruas, pessoas usavam máscaras que reproduziam o rosto do primeiro-ministro italiano coberto por peças de roupa íntima. Da Redação

Nas ruas, pessoas usavam máscaras que reproduziam o rosto do primeiro-ministro italiano coberto por peças de roupa íntima

Centenas de manifestantes foram às ruas no último domingo 6, exigindo a renúncia do primeiro-ministro italiano Silvio Berlusconi. O protesto aconteceu na Vila Arcores, em Milão, próximo a sua residência e local onde o primeiro-ministro haveria realizado festas com a participação de menores de idade.

Berlusconi é investigado por envolvimento com Ruby, uma garota marroquina com quem teria tido relações sexuais quando era menor de idade.

Os manifestantes do movimento Popolo Viola (Povo Rosa), que organizou os protestos, usavam máscaras do rosto de Berlusconi sorrindo, coberto por roupas íntimas. Um grupo tentou chegar perto da casa de Berlusconi, atirando garrafas e outros objetos em direção à barreira policial que reagiu com violência. Dois foram detidos. Essa foi a segunda manifestação em dois dias. No sábado 5, milhares de italianos participaram de um comício num estádio de Milão, incluindo personalidades como Umberto Eco e o escritor anti-máfia Roberto Saviano.

Berlusconi declarou no domingo que vai levar seu governo adiante e que não há alternativas para isso.

registrado em: