Você está aqui: Página Inicial / Internacional / Lula fala sobre a morte de Mandela

Internacional

Memória

Lula fala sobre a morte de Mandela

por Redação — publicado 05/12/2013 22h45
"Mandela foi uma coisa boa que de vez em quando Deus projeta nas nossas vidas. O mundo perdeu uma das figuras mais extraordinárias que conheci."
Ricardo Stuckert
16102008G00007_peq.jpg

O ex-presidente Lula e Nelson Mandela

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva recebeu a notícia da morte de Nelson Mandela quando participava da inauguração da sede da Escola Livre para Formação Integral “Dona Lindu”, em Diadema. Ele começou seu discurso pedindo um minuto de silêncio em luto pela perda do grande líder mundial e declarou:

“Tive a grata satisfação de ter feito parte de uma geração que brigou contra o apartheid. Tive o prazer de me encontrar com o companheiro Mandela em 1994, em Cuba, na comemoração do 1º de maio. Tive o prazer de ser recebido pelo Mandela quando fui candidato e tive o prazer de sentir o significado da conquista da liberdade para um povo. (…) O grande legado do Mandela foi fazer com que o povo negro da África do Sul descobrisse uma coisa que parece simples, mas não é. Se a maioria do povo era negra, não tinha o menor sentido a minoria branca continuar governando aquele país. Mandela foi uma coisa boa que de vez em quando Deus projeta nas nossas vidas. O mundo perdeu uma das figuras mais extraordinárias que conheci”.


Em nota, o ex-presidente declarou:

Nelson Mandela foi uma das mais importantes lideranças políticas do nosso planeta. Sua história de lutas é inigualável, um exemplo de determinação, de perseverança e de quanto é importante a disposição para o diálogo entre os homens. Será sempre o maior símbolo mundial na busca da paz, da democracia e da inclusão social. O Brasil e o mundo estão de luto. Tive a imensa honra de conhecê-lo e estar com ele em momentos muito especiais. Agora, Madiba se foi, mas deixou para todos nós os seus ensinamentos inesquecíveis.

Com informações do Instituto Lula.