Você está aqui: Página Inicial / Internacional / Lance de xadrez

Internacional

Mianmar

Lance de xadrez

por Redação Carta Capital — publicado 02/12/2011 10h51, última modificação 02/12/2011 10h51
Com visita, os EUA pretendem tirar Mianmar da órbita de poder chinesa
hillary

Com visita, os EUA pretendem tirar Mianmar da órbita de poder chinesa . Hillary Clinton e a líder da oposição de Mianmar Aung San Suu Kyi. Soe Than Win / AFP

Com Hillary Clinton, um alto funcionário dos Estados Unidos visita Mianmar (a antiga Birmânia) pela primeira vez em mais de meio século.

É uma ditadura militar desde 1962, mas em novembro de 2010 a junta promoveu uma eleição controlada, na qual seu partido recebeu 80% dos votos e elegeu um  presidente civil.

Acusações de fraude à parte, todos os principais movimentos da oposição foram proibidos de participar e 25% do parlamento foi reservado aos militares.

O regime continua autoritário, mas tais “centelhas de democracia”, como diz Barack Obama, bastam como pretexto para novas relações.

Espera-se tirar da órbita da China um regime que tem sido seu aliado fiel.

O mesmo se fez no passado com Sadat e Kaddafi, entre outros, para afastá-los de Moscou

registrado em: ,