Você está aqui: Página Inicial / Internacional / Iraque acusa países árabes de facilitar financiamento a "grupos terroristas"

Internacional

Oriente Médio

Iraque acusa países árabes de facilitar financiamento a "grupos terroristas"

por AFP — publicado 18/02/2012 15h21, última modificação 06/06/2015 18h27
Sem citar nomes, o ministro do Interior iraquiano declarou que há farto financiamento de células terroristas pelos países árabes vizinhos.
iraque

O vice-ministro do Interior do Iraque, Adnan al-Assadi, faz denúncia contra 'alguns' países árabes. Foto: AFP

BAGDÁ, Iraque (AFP) - O vice-ministro do Interior do Iraque, Adnan al Asadi, denunciou nesta sexta-feira o financiamento por parte de países árabes, sem citar seus nomes, de "grupos terroristas", num momento em que Bagdá se prepara para receber, no final de março, a próxima reunião de cúpula da Liga Árabe.

"Comerciantes de alguns países da região, com a ayuda de seus Estados, financiam de forma significativa grupos terroristas no Iraque, com os dirigentes destas nações afirmando nada saber sobre o assunto; mas os fatos comprovam o contrário", censurou, durante uma entrevista ao canal de televisão pública Iraquiya.

"Instituições de segurança de alguns países da região estão a par destes movimentos financeiros, mas preferem fechar os olhos", acrescentou.

Segundo o ministério de Justiça iraquiana, há cerca de 300 prisioneiros árabes nas prisões do Iraque, em maioria de origem saudita.

A cúpula árabe prevista para 29 de março significará o regresso do Iraque à cena árabe.

registrado em: