Você está aqui: Página Inicial / Internacional / Irã se apropria de avião espião dos EUA

Internacional

Conflito

Irã se apropria de avião espião dos EUA

por AFP — publicado 13/12/2011 08h43, última modificação 06/06/2015 18h57
O avião teleguiado americano foi capturado em dezembro. O ministro da defesa iraniano afirmou que ainda não sabe o que fará com a aeronave
aviao

O avião teleguiado americano foi capturado em dezembro. O ministro da defesa iraniano afirmou que ainda não sabe o que fará com a aeronave. Foto: AFP

TEERÃ (AFP) - O avião teleguiado espião americano capturado em 4 de dezembro pelo Irã em seu território agora é de propriedade da República Islâmica, afirmou nesta terça-feira o ministro iraniano da Defesa, Ahmad Vahidi, ao comentar a demanda de Washington de devolução do aparelho.

"O avião espião americano é uma propriedade da República Islâmica, e vamos decidir o que vamos fazer com ele", declarou Vahidi em resposta ao pedido dos Estados Unidos.

"O avião deles violou (o espaço aéreo iraniano) e agora, ao invés de apresentar um pedido de desculpas, de maneira sem vergonha nos pedem que devolvamos o aparelho", completou o ministro, citado pela agência Isna.

Na segunda-feira, o presidente Barack Obama afirmou que Washington havia solicitado a restituição do avião teleguiado (drone) de observação RQ-170 Sentinel, do qual o Irã se apoderou em 4 de dezembro, quando o aparelho estava 250 Km dentro do espaço aéreo iraniano.

A secretária de Estado americana, Hillary Clinton, anunciou que Washington havia transmitido una demanda formal a Teerã, mas destacou que não esperava uma satisfação.

Uma parlamentar iraniano afirmou, segundo a televisão estatal iraniana, que o país pretende copiar o drone para equipar suas forças.

"A capacidade do Irã em termos de aviões teleguiados é muito elevada. Nossos engenheiros construíram ótimos aparelhos de reconhecimento e ataque", destacou nesta terça-feira o general Vahidi, confirmando implicitamente o projeto.

registrado em: