Você está aqui: Página Inicial / Internacional / Irã anuncia intenção de testar mísseis de curto e longo alcances

Internacional

Conflito

Irã anuncia intenção de testar mísseis de curto e longo alcances

por AFP — publicado 31/12/2011 08h41, última modificação 31/12/2011 09h39
Depois de ameaçar fechar um canal importante para tráfego de petróleo, o país afirma que deve testar armas nos próximos dias

A Marinha iraniana pretende executar testes de disparos de diversos mísseis em exercícios de guerra no Estreito de Ormuz, no momento em que o país ressalta a ameaça de fechar esta estratégica via para o petróleo caso sejam aplicadas novas sanções ocidentais contra Teerã.

"Nos próximos dias faremos disparos de testes de todos os tipos de mísseis terra-mar, mar-mar e terra-ar, assim como de mísseis disparados do ombro", declarou o comodoro Mahmud Musavi à televisão estatal.

A agência de notícias iraniana Fars informou mais cedo que os testes já haviam começado com mísseis de longo alcance disparados a partir da costa e de barcos.

Os exercícios da Marinha, que devem durar 10 dias, começaram em 24 de dezembro e devem terminar na próxima segunda-feira, de acordo com a agência.

Quase 20% do petróleo mundial passa pelo Estreito de Ormuz, na entrada do Golfo, o que faz dele o ponto crítico vital do transporte de combustível do planeta, de acordo com informações da Agência Americana de Energia.

Quatorze petroleiros cruzam diariamente o pequeno estreito, com 17 milhões de barris. No total, 35% de todo o petróleo transportado por via marítima passou pela área em 2011.

O Irã advertiu que "nenhuma gota de petróleo" passará pelo Estreito de Ormuz se os governos ocidentais aplicarem sanções adicionais contra o programa nuclear do país.

Os comandantes militares iranianos já afirmaram que seria muito fácil fechar o estreito.

O governo dos Estados Unidos respondeu que as ameaças constituem um "comportamento irracional" e que o fechamento do estreito "não será tolerado".

*Leia mais em AFP

registrado em: