Você está aqui: Página Inicial / Internacional / Humala diz que sonha com reunificação entre Peru e Bolívia

Internacional

Aliados

Humala diz que sonha com reunificação entre Peru e Bolívia

por Sul 21 — publicado 22/06/2011 17h53, última modificação 22/06/2011 17h53
Presidente peruano também declarou que não pretende criar obstáculos para a reivindicação boliviana por um acesso ao mar

O presidente eleito do Peru, Ollanta Humala, afirmou nesta terça que sonha com a reunificação entre Peru e Bolívia, países que formaram uma confederação entre 1836 e 1839. A declaração foi feita durante encontro de Humala com o colega boliviano Evo Morales. Humala também declarou que não pretende criar obstáculos para a reivindicação boliviana por um acesso ao mar.

“Eu sonho com a reunificação do Peru e da Bolívia, que algum dia a fronteira vai desaparecer e voltaremos a ser uma nação”, disse Humala. “Eu acho que este século é o século da América, e particularmente na América Latina”, complementou o líder peruano, ao expressar sua intenção de trabalhar com Morales para construir “uma única nacionalidade.” Humala também ressaltou que o desenvolvimento do Peru envolve também o desenvolvimento da Bolívia e vice-versa.

O peruano disse que seu governo não colocará obstáculos para a demanda bolivianade ter um acesso ao mar. O apoio de Humala é fundamental para as aspirações bolivianas, já que a saída demandada envolve territórios que, de acordo com o Tratado de Lima, não podem ser cedidos pelo Chile, que os conquistou na guerra de 1789, sem o consentimento prévio do Peru.

A Bolívia é o sexto país sul-americano visitado por Humala desde a vitória nas eleições, depois do Brasil, Paraguai, Uruguai, Argentina e Chile. O presidente eleito ainda deve visitar Colômbia e Venezuela.

*Publicado originalmente em Sul21.

registrado em: