Você está aqui: Página Inicial / Internacional / Hosni Mubarak sai do coma, diz hospital

Internacional

Egito

Hosni Mubarak sai do coma, diz hospital

por Redação Carta Capital — publicado 17/07/2011 16h33, última modificação 06/06/2015 18h16
O ex-ditador egípcio, de 83 anos, deposto em fevereiro, teria sofrido um derrame cerebral, mas estaria consciente e estável

A televisão estatal do Egito informou, no domingo 17, que o ex-ditador Hosni Mubarak, de 83 anos, havia sofrido um derrame cerebral e se encontrava em coma. Porém, o chefe do hospital Sharm el-Sheikh, Mohamed Fathalla, declarou, à rede de televisão americana CNN, que Mubarak recuperou a consciência e seu quadro clínico é estável.

O derrame do presidente deposto, que está internado em Sharm el-Sheikh desde abril devido a problemas cardíacos, foi anunciado por seu advogado, Farid el-Deeb. No entanto, a notícia foi inicialmente negada pelo chefe do hospital, que confirmou apenas “alguma deterioração na saúde” de Mubarak.

O ex-ditador será julgado em 3 de agosto, por supostamente ter ordenado o assassinato de manifestantes nos protestos na Praça Tahrir, no Cairo. Durante os 18 dias da revolta, que culminou com a queda de Mubarak, cerca de 840 pessoas foram mortas. Caso seja condenado, o presidente deposto pode receber a pena de morte.

Os procuradores egípcios haviam informado que Mubarak sofre de depressão, fadiga, palpitações e pressão baixa, que poderia levá-lo a desmaiar e a ter maiores riscos de um infarte. Segundo seu advogado, ele também sofreria de complicações de um câncer no estômago, pelo qual foi operado na Alemanha em 2010.

Com Al Jazeera e CNN Internacional

registrado em: