Você está aqui: Página Inicial / Internacional / Grécia tem novo premier

Internacional

Crise europeia

Grécia tem novo premier

por Agência Brasil publicado 10/11/2011 10h45, última modificação 10/11/2011 10h45
Lucas Papademos, ex-vice-presidente do Banco Central, substituirá Papandreou, derrubado pela crise
Papademos

O novo premier da Grécia, Lucas Papademos

Brasília – O novo primeiro-ministro da Grécia será Lucas Papademos, ex-vice-presidente do Banco Central do país. Ele assume o cargo na sexta-feira 11 e enfrentará como desafios a aprovação de um polêmico plano de austeridade e a realização de eleições em 19 de fevereiro de 2011. Paralelamente, Papademos, de 64 anos, deverá conduzir o governo provisório grego.

Ex-presidente do Banco da Grécia (1994-2010) por dois mandatos, ele ajudou a conduzir o país na adesão à União Europeia. Papademos é professor de economia, leciona em Harvard (Estados Unidos) uma disciplina que se refere à crise global buscando respostas e desafios.

O novo primeiro-ministro assumirá cargo no lugar de Georgeo Papandreou, que formalizou na quarta-feira 9 o seu pedido de renúncia. Papandreou deixa o governo pressionado pela União Europeia depois de anunciar que o plano de austeridade seria submetido a um referendo popular, para definir sobre a sua execução.

Nos últimos meses, as principais cidades gregas foram palcos de várias manifestações população em protesto contra o plano de austeridade fiscal. Os gregos, em geral, discordam das propostas que incluem cortes dos salários, demissões de funcionários públicos e reajustes de tarifas e impostos.

A execução do plano de austeridade é uma exigência da União Europeia e do Fundo Monetário Internacional (FMI). A dívida do setor público da Grécia chega a US$ 421 bilhões. O objetivo do plano é dar suporte ao governo para garantir o pagamento da dívida.

 

*Matéria originalmente publicada em Agência Brasil

registrado em: ,