Você está aqui: Página Inicial / Internacional / Filho de Kaddafi afirma que ditador está disposto a convocar eleições

Internacional

Líbia

Filho de Kaddafi afirma que ditador está disposto a convocar eleições

por Redação Carta Capital — publicado 16/06/2011 10h26, última modificação 16/06/2011 12h52
Em entrevista a jornal italiano, Saif al Islam afirmou que o regime encabeçado por seu pai se propõe a realizar pleito para decidir novo governo e acabar com guerra no país

Muammar Kaddafi estaria disposto a realizar eleições presidenciais em um prazo de três meses, afirma Saif al Islam, filho do ditador. A votação seria feita sob supervisão de líderes internacionais com o intuito de pôr fim ao conflito no país.

As informações foram veiculadas pelo jornal italiano "Corriere della Sera", em entrevista com Saif. Ele também acredita que o atual regime teria chance de vencer o pleito, pois é popular em seu país.

A guerra para derrubar Kaddafi se extende por três meses, encabeçada pelas forças da OTAN (Organização do Tratado do Norte do Atlântico). Documento divulgado pela Casa Branca apontou que, até 3 de junho, as operações na Líbia já haviam custado aos Estados Unidos US$ 716 milhões (cerca de R$ 1,14 bilhão) e que, até setembro, mês em que acaba o prazo autorizado pela ONU para os ataques, o gasto total com a guerra líbia para o governo americano chegará a US$ 1,1 bilhão (cerca de R$ 1,75 bilhão).

O conflito começou quando forças internacionais do ocidente invadiram a Líbia para derrubar o ditador e instalar um governo democrático, depois da forte repressão que o ditador empreendeu às intensas manifestações e tentativa de tomada do poder pelo povo.

registrado em: