Você está aqui: Página Inicial / Internacional / Exército 'está com o dedo no gatilho', afirma premier sírio

Internacional

Oriente Médio

Exército 'está com o dedo no gatilho', afirma premier sírio

por AFP — publicado 01/09/2013 09h33
As autoridades sírias asseguraram que estão preparadas para reagir aos ataques aéreos americanos
AFP
Wael al-Halqi

O ministro Wael al-Halqi durante coletiva de imprensa

O Exército sírio "está mobilizado, com o dedo no gatilho", declarou no sábado 31 à tevê estatal o primeiro-ministro sírio, Wael al-Halqi.

Em uma declaração por escrito divulgada pela rede oficial, ele acrescentou: "O Exército está pronto para enfrentar todos os desafios e todos os cenários".

Depois que os últimos observadores das Nações Unidas saíram da Síria, no sábado de manhã, as autoridades sírias asseguraram que estão preparadas para reagir aos ataques aéreos americanos.

Uma autoridade dos serviços sírios de segurança afirmou à AFP na manhã deste sábado que, a partir de agora, a Síria espera "uma agressão a qualquer momento", e repetiu que seu país "também está preparado para responder a qualquer momento".

"Esta agressão (ocidental) não justificada não ficará sem uma resposta", acrescentou esse alto funcionário. Os partidários dos ataques defendem "uma causa ruim, que não tem nada a ver com a moral nem com o direito internacional".

 

Leja mais notícias em AFP Mobile.