Você está aqui: Página Inicial / Internacional / Em grupo, policiais se demitem por medo de cartel

Internacional

México

Em grupo, policiais se demitem por medo de cartel

por Agência Brasil publicado 05/08/2011 11h34, última modificação 05/08/2011 11h34
Os policiais se demitiram depois que dois colegas foram mortos. Para fazer os trabalhos, o governo recrutou militares e agentes federais

Renata Giraldi*

Brasília – Um grupo de 26 policiais de Ascensión, no Norte do México, pediu demissão argumentando ter medo do crime organizado. Os policiais se demitiram depois que dois colegas foram mortos. Para fazer os trabalhos dos policiais, o governo recrutou militares, policiais federais e estaduais, segundo o procurador do estado de Chihuahua, Carlos Manuel Salas.

O estado de Chihuahua, onde está o município de Ascensión, tem sido o mais afetado pela violência dos cartéis de droga. A área concentra cerca de 30% das 40 mil pessoas que morreram no México desde dezembro de 2006.

A fronteira do México com os Estados Unidos é considerada uma das áreas mais violentas das Américas. Na região atuam vários cartéis de tráfico de drogas, armas e pessoas, entre eles Sinaloa, Los Zetas, Juárez e Golfo, entre outros.

Na semana passada, a polícia de Ascensión tem sido alvo de ataques feitos por grupos organizados, uma zona que é controlada pelo cartel de Sinaloa. O prefeito de Ascensión, Jaime Domínguez, disse que nos próximos dias o esquema de segurança na região será reorganizado.

*Matéria publicada originalmente em Agência Brasil