Você está aqui: Página Inicial / Internacional / Duros de aprender

Internacional

Afeganistão

Duros de aprender

por Redação Carta Capital — publicado 24/02/2012 15h15, última modificação 06/06/2015 18h58
É a mais longa guerra que os EUA já travaram, mas nem por isso lhes serviu para aprender coisas fundamentais sobre a cultura do país
Talibã

Os violentos incidentes no Afeganistão relacionados com o caso deixaram pelo menos nove mortos e dezenas de feridos. Foto: ©AFP / Shah Marai

A guerra no Afeganistão já é a mais longa que os EUA jamais travaram, mas nem por isso lhes serviu para aprender alguma coisa sobre o país.

Após dez anos de ocupação mal recebida por um povo tradicionalmente combativo e devotado ao Islã, oficiais do Pentágono continuam a cometer erros primários de relações públicas, como é o caso dos Alcorões recolhidos da biblioteca da prisão (por serem usados pelos prisioneiros para troca de mensagens) e jogados no lixo da base militar de Bagram para ser queimados.

Os trabalhadores afegãos da instalação, que resgataram 17 exemplares, espalharam a notícia e deflagraram protestos e rebeliões que resultaram na morte de dois manifestantes, no linchamento de sete funcionários da ONU e no assassinato de dois soldados dos EUA por um colega afegão.

registrado em: ,