Você está aqui: Página Inicial / Internacional / Julgamento de Julian Assange será retomado na sexta

Internacional

WikiLeaks

Julgamento de Julian Assange será retomado na sexta

por Redação Carta Capital — publicado 09/02/2011 09h08, última modificação 09/02/2011 09h32
Tribunal de Londres suspende sessão sobre pedido de extradição do criador do WikiLeaks pelo governo da Suécia. Da Redação

Depois de dois dias de sessão, o tribunal de Londres, presidido pelo juiz Howard Riddle, decidiu retomar os trabalhos na próxima sexta-feira 11. Foram ouvidos até aqui os argumentos da acusação, da defesa e os depoimentos de diversas testemunhas, mas eles não foram considerados suficientes para levar a uma deliberação final do juri.

Julian Assange, o criador do site WikiLeaks, é acusado pelo governo da Suécia de crimes sexuais. Ele nega a acusação, ao afirmar que as relações que tivera com duas colaboradoras do site, sem o uso de preservativos, teriam sido consentidas. Se aceita a acusação, Assange será extaditado para a Suécia e seus advogados de defesa temem que o governo dos Estados Unidos peçam que ele seja mandado para lá. Nos EUA, seria julgado por violação de segredos de Estado e dali, dizem seus defensores, poderia ser transferido para Guantánamo.

Para acompanhar o julgamento de Julian Assange e conhecer trechos da sua biografia, entre no Blog da Natalia Viana. http://cartacapitalwikileaks.wordpress.com

registrado em: