Você está aqui: Página Inicial / Internacional / Chirac é condenado a dois anos de prisão

Internacional

França

Chirac é condenado a dois anos de prisão

por AFP — publicado 15/12/2011 09h11, última modificação 15/12/2011 09h11
Ex-presidente francês foi declarado culpado por "desvio de fundos públicos, abuso de confiança e aquisição ilícita de interesses"
Chirac

O ex-chefe de Estado, de 79 anos, não compareceu à leitura da sentença. Foto: AFP

PARIS, França (AFP) - O ex-presidente francês Jacques Chirac foi condenado nesta quinta-feira a dois anos de prisão com suspensão condicional da pena pelo caso dos empregos supostamente fantasmas criados na prefeitura de Paris no início dos anos 90, quando era prefeito da capital francesa.

O ex-chefe de Estado, de 79 anos, não compareceu à leitura da sentença como também não havia acompanhado o julgamento. Ele é o primeiro presidente francês condenado por um tribunal correcional.

Chirac foi declarado culpado por "desvio de fundos públicos, abuso de confiança e aquisição ilícita de interesses".

Os empregos fantasmas foram remunerados pela prefeitura de Paris entre 1990 e 1995, quando Chirac era prefeito e presidente do partido RPR e, além disso, preparava a candidatura às eleições presidenciais de maio de 1995.

O ex-presidente é suspeito de ter colocado o dinheiro público da capital francesa a serviço dos interesses de seu partido e de suas ambições eleitorais.

Chirac sempre negou as acusações e afirmou não ter cometido "nenhuma falha penal ou moral", em uma declaração lida por seus advogados durante o julgamento.

registrado em: