Internacional

Venezuela

Chávez teve complicações na cirurgia e está se recuperando, diz governo

por Redação Carta Capital — publicado 13/12/2012 15h39, última modificação 13/12/2012 15h39
O presidente venezuelano teve um sangramento, o que vai ampliar o tempo de recuperação
VENEZUELA-CHAVEZ-HEALTH

Apoiador de Chávez escreve uma mensagem ao presidente em painel montado no centro de Caracas, na terça-feira 11. Foto: Juan Barreto / AFP

O governo da Venezuela divulgou na tarde desta quinta-feira 13 uma nota oficial a respeito da cirurgia à qual o presidente do país, Hugo Chávez, foi submetido em Cuba, na terça-feira 11, e informou que houve complicações no procedimento. De acordo com a nota, isso fará com que seja ampliado o tempo de internação de Chávez, que se encontra em recuperação "progressiva e favorável dos valores normais de seus sinais vitais".

Segundo a nota oficial, o tempo de recuperação de Chávez será maior, "como consequência da complexidade da intervenção praticada, assim como também por complicações surgidas no ato cirúrgico, ao ocorrer um sangramento que requereu a adoção de medidas corretivas que permitiram controle oportuno". A cirurgia em Havana foi a quarta à qual o presidente venezuelano foi submetido. Sab-se que ele sofre com um câncer, mas não há informações oficiais a respeito da localização e da gravidade do tumor.

Na noite de domingo 9, pela primeira vez desde que se tornou presidente, Chávez nomeou seu sucessor, um possível sinal de agravamento da doença. O escolhido foi o vice-presidente Nicolás Maduro, que na terça-feira disse ser leal a presidente Chávez ‘além’ da vida.

Ainda de acordo com a nota divulgada nesta quinta, Chávez passará por "tratamentos específicos adicionais" para contribuir com a "restituição plena de sua saúde". Segundo o governo, ao passar essa informação, a intenção é "transmitir elementos de sossego e esperança a todas aquelas pessoas de boa vontade" que oram e fazem votos de boa recuperação a Chávez.