Você está aqui: Página Inicial / Internacional / Chávez: 'estou recuperado'

Internacional

Venezuela

Chávez: 'estou recuperado'

por Agência Brasil publicado 20/10/2011 15h23, última modificação 21/10/2011 09h42
Sem cabelo e 20 quilos mais magro, presidente venezuelano declarou que não tem mais 'células malignas no organismo'

Renata Giraldi*

Brasília – O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, disse hoje (20) que os exames feitos em Havana (Cuba) mostram que ele está recuperado do câncer. Segundo ele, não há mais “células malignas no organismo”. "Não há atividade anormal das células, segundo a tomografia computadorizada e a ressonância magnética”, disse ele.

O presidente resumiu como se sente, depois de quatro meses em tratamento médico para a cura de câncer: "Comecei a sair da caverna, agora estou na vanguarda. Estava na retaguarda e já comecei a percorrer os caminhos e pouco a pouco sigo para o primeiro plano”.

Chávez disse ainda que fez exames rigorosos, em Havana, para verificar seu estado de saúde. Segundo ele, foram verificados o cérebro, os sistemas digestivo e respiratório, além dos brônquios e pulmões. De acordo com o presidente, em breve fará um exame oftalmológico para verificar sua visão.

No entanto, o presidente admitiu que as quatro sessões de quimioterapia que fez deixaram sequelas no seu corpo. "Os efeitos da quimioterapia são mais lentos e provocam dois impactos, a baixa imunidade e uma espécie de barreira epidemiológica”, disse ele, lembrando que os níveis de hemoglobina (glóbulos vermelhos), glóbulos brancos e plaquetas estão normais.

No começo desta tarde, Chávez desembarcou no estado venezuelano de Táchira e seguiu para a cidade de La Grita para pagar suma promessa religiosa, no Santuário do Santo Cristo. A imagem de Jesus Cristo crucificada passou a ser adorada por moradores da cidade de La Grita, quando houve um terremoto no século 17, e atribuem a ela a proteção.

Em junho, Chávez fez uma cirurgia para a retirada de um abcesso na pélvis, em Havana. Em seguida, ele passou a fazer tratamento com quimioterapia. Em quatro meses, ele perdeu mais de 20 quilos e está sem cabelo.
*Matéria originalmente publicada em Agência Brasil

registrado em: