Você está aqui: Página Inicial / Internacional / Célula terrorista planejava atacar embaixadas de EUA e França

Internacional

Egito

Célula terrorista planejava atacar embaixadas de EUA e França

por AFP — publicado 16/05/2013 14h40, última modificação 16/05/2013 14h54
Gianluigi Guercia/ AFP
Embaixada

Barreiras em frente à embaixada da França no Egito, em janeiro

CAIRO (AFP) - Uma célula ligada à Al-Qaeda foi desmantelada no sábado passado 11 no Egito. Segundo os serviços de segurança do Egito, o grupo planejava praticar atentados contra as embaixadas de Estados Unidos e França. "Os acusados planejavam atentados suicidas com carros-bomba diante das embaixadas da França e dos Estados Unidos no Egito", indicou a agência de notícias egípcia Mena.

A polícia realizou uma "operação contra uma célula terrorista que preparava ataques suicidas", um deles quase concretizado contra uma embaixada ocidental, disse ministro do Interior, Mohamed Ibrahim, em uma entrevista coletiva à imprensa, sem indicar o país.

O ministro afirmou que os detidos estavam em posse de 10 kg de produtos químicos que podiam ser utilizados para fabricar explosivos e de um computador com instruções para fabricar bombas.

Esta célula está vinculada a um líder da Al-Qaeda no Egito, afirmou Ibrahim, acrescentando que seus membros treinaram no Paquistão e no Irã.

O Egito anunciou em várias oportunidades a prisão de pessoas acusadas de ligação com a Al-Qaeda, em particular um grupo que está sendo julgado no Cairo.

Leia mais em AFP Movel.