Você está aqui: Página Inicial / Internacional / Brasil financiará ponte suspensa na fronteira com o Paraguai

Internacional

América do Sul

Brasil financiará ponte suspensa na fronteira com o Paraguai

por AFP — publicado 16/01/2013 17h16, última modificação 16/01/2013 17h16
Obra de 50 milhões de dólares, financiada pelo PAC, deve ficar pronta apenas em 2016

O Brasil construirá uma ponte suspensa de 800 metros de extensão e 17,5 de largura - parecida com a de San Francisco (EUA) - sobre o caudaloso rio Paraná, a 7 km da atual plataforma que une Foz do Iguaçu (Brasil) a Ciudad del Este (Paraguai), anunciaram as autoridades governamentais dos dois países.

"As obras começarão dentro de um ano e terminarão em 2016", anunciou nesta quarta-feira o ministro de Obras Públicas paraguaio, Salyn Buzarquis. "Será uma ponte de maior complexidade do que as pontes comuns. Vai levar muito tempo. Vai se parecer com a ponte de San Francisco", explicou.

Buzarquis revelou que o projeto será financiado pelo governo brasileiro dentro do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e que terá um custo de 50 milhões de dólares. Uma segunda ponte que unirá o Paraguai com Foz do Iguaçu será localizada na cidade de Presidente Franco, 7km ao sul de Ciudad del Este.

Seu objetivo é potencializar o comércio e o turismo entre os dois países. Apesar de ter retirado seu embaixador em Assunção por não concordar com a destituição do ex-presidente Fernando Lugo em junho de 2012, o Brasil comunicou ao Paraguai sobre o pedido de licitação feito recentemente para a obra, comentou Buzarquis.

Leia mais em AFP Movil

registrado em: