Você está aqui: Página Inicial / Internacional / Bomba explode em ponto de ônibus em Jerusalém e fere ao menos 30 pessoas

Internacional

Israel

Bomba explode em ponto de ônibus em Jerusalém e fere ao menos 30 pessoas

por Opera Mundi — publicado 23/03/2011 12h37, última modificação 23/03/2011 14h25
Logo após o atentado, o embaixador israelense em Washington afirmou que a explosão foi provocada por um homem-bomba. No entanto, o porta-voz da Polícia de Israel Micky Rosenfeld disse que uma mala deixada perto da estação explodiu quando os ônibus passaram

Uma bomba explodiu na tarde desta quarta-feira (23/03) ao lado de dois ônibus próximos à uma estação rodoviária em Jerusalém. Na explosão, ao menos 30 pessoas ficaram feridas, de acordo com a rádio pública israelense, citada pela agência de notícias Efe.

Logo após o atentado, o embaixador israelense em Washington afirmou que a explosão foi provocada por um homem-bomba. No entanto, o porta-voz da Polícia de Israel Micky Rosenfeld disse que uma mala deixada perto da estação explodiu quando os ônibus passaram. "Não foi um ataque suicida", garantiu Rosenfeld, citado pela rede de TV Al Jazeera. O jornal local Haaretz informou que os explosivos foram detonados com um telefone celular.

Imagens da emissora britânica BBC mostraram a movimentação de bombeiros e policiais no local da explosão. Um dos ônibus estava com as janelas quebradas e havia marcas de sangue na calçada.

"Eu ouvi a explosão do ônibus enquanto estava no ponto", disse Meir Hagid, um motorista que estava no local. Ele contou que, após ouvir o barulho, parou seu veículo e as pessoas saíram. Ele disse também que ninguém em seu ônibus ficou ferido.

A entrada da cidade foi fechada após a explosão e o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, cancelou sua viagem à Rússia. Se confirmada a hipótese de ataque terrorista, será o primeiro em anos, já que o último em Jerusalém aconteceu em 2004.

*Matéria publicada originalmente no Opera Mundi

registrado em: