Você está aqui: Página Inicial / Internacional / Atirador mata 27 pessoas em escola nos EUA, diz Associated Press

Internacional

Violência

Atirador mata 27 pessoas em escola nos EUA, diz Associated Press

por Redação Carta Capital — publicado 14/12/2012 15h26, última modificação 14/12/2012 17h16
Polícia suspeita que dois atiradores planejaram a ação numa escola primária em Connecticut

*Atualizado às 18h15 de sexta-feira 14

Um tiroteio na manha desta sexta-feira 14 na escola primária Sandy Hook, em Newtown, Connecticut (Estados Unidos), deixou diversos mortos. As informações ainda são desencontradas, mas a agência de notícias Associated Press afirma que 27 pessoas morreram, sendo 18 crianças. Entre as vítimas estão funcionários e alunos da escola. A cidade fica a cerca de 100 quilômetros de Nova York.

A polícia local suspeita que a ação tenha sido executada por dois atiradores. Um deles, Ryan Lanza, de cerca de 20 anos, cometeu suicídio dentro da escola, segundo o jornal The New York Times. O jovem teria entrado na sala de aula em que sua mãe lecionava, a matou e depois atirou 18 alunos da classe. Após isso, ainda atirou em sete adultos.

A polícia prendeu outro homem para questionamentos, mas ainda não o trata como suspeito, de acordo com a rede de televisão CNN.

Mais de 600 alunos, entre cinco e dez anos, frequentam Sandy Hook. Por precaução, as escolas nos arredores foram fechadas imediatamente após a polícia chegar ao local do tiroteio, por volta de 9h40 (horário local).

Segundo a rede NBC, a polícia chegou à escola primária e realizava uma evacuação. De acordo com o meio de comunicação local Newtown Bee, ambulâncias e equipes de emergência se encontravam na escola da cidade de pouco mais de 27.500 habitantes.

Com informações AFP.

Leia mais em AFP Movel.

registrado em: ,