Você está aqui: Página Inicial / Internacional / Assange, por ele mesmo

Internacional

The Observer

Assange, por ele mesmo

por The Observer — publicado 13/08/2010 01h45, última modificação 13/08/2010 16h51
O criador do WikiLeaks rebate as acusações de ter colocado inocentes em perigo ao vazar os papéis sobre a guerra no Afeganistão
nosso_mundo_assange

Assange queria ser enigmático, mas seu estilo aguçou a curiosidade geral sobre seu trabalho

O criador do WikiLeaks rebate as acusações de ter colocado inocentes em  perigo ao vazar os papéis sobre a guerra no Afeganistão

Quantas pessoas tinham ouvido falar no WikiLeaks semanas atrás? Ou em Julian Assange?  Sete dias depois do maior vazamento de informações secretas de todos os tempos, a publicação de mais de 75 mil documentos que  correspondem a uma história inteira da guerra no Afeganistão, ele está em toda parte. Foi uma semana extraordinária para o WikiLeaks,que viu entrar no cenário mundial um novo personagem notável: Assange, um homem que, como admitem até seus amigos e defensores, parece “um pouco com um vilão de James Bond”.

Poderia ser a semana que mudou a guerra no Afeganistão? É possível, se as revelações contidas nos documentos mudarem a opinião pública e depois a opinião política. No mínimo, elas provocaram um novo debate sobre o futuro do conflito. Porque os arquivos revelaram a escala e os detalhes exaustivos da violência cotidiana sofrida pela população civil afegã, causada pelas forças da coalizão, assim como pelos talebans, além de evidências do que pode ou não ser uma atitude traiçoeira do governo do Paquistão.

O presidente do Afeganistão, Hamid Karzai, chamou Assange de “irresponsável”.  E o secretário da Defesa dos EUA, Robert Gates, o acusou de “ter sangue em suas mãos”. A acusação era de que Assange tinha revelado os nomes de colaboradores afegãos que agora podem ser alvos de represálias; que a informação não foi verificada; que parte dela pode ter origem dúbia, e que Assange parece não prestar contas a ninguém.

*Confira a íntegra deste conteúdo na versão impressa.