Você está aqui: Página Inicial / Internacional / Americanos ganham Nobel com trabalho voltado a 'problema do mundo real'

Internacional

Nobel de Economia

Americanos ganham Nobel com trabalho voltado a 'problema do mundo real'

por AFP — publicado 15/10/2012 10h32, última modificação 15/10/2012 10h43
Eles criaram um algorítimo que facilita a combinação entre estudantes e universidades e entre doadores e receptores de órgãos
nobel

O prêmio será entregue em 10 de dezembro em Estocolmo. Foto: ©AFP / Henrik Montgomery

Os americanos Alvin Roth, da Universidade de Harvard, e Lloyid Shapley, da Universidade da Califórnia, são os vencedores do Prêmio Nobel de Economia de 2012. A decisão da Real Academia Sueca de Ciências foi anunciada nesta segunda-feira 15, em Estocolmo.

Roth e Shapley foram premiados por pesquisas sobre mercados econômicos, seus problemas de planejamento e possíveis "reorganizações". O algorítimo desenvolvido por eles ajuda a melhorar a combinação entre a procura de estudantes por universidades e as vagas existentes, e a de pacientes por doadores de órgãos.

"Este ano o prêmio recompensa um problema econômico central: como associar diferentes agentes da melhor maneira possível", anunciou o Comitê Nobel. O comitê cita como exemplo dos ajustes "a nomeação de novos médicos nos hospitais, de estudantes nas escolas, de órgãos a transplantar nos pacientes que os recebem". O prêmio, explica o comitê, coroa "os esforços para encontrar soluções práticas a um problema do mundo real" efetuados por Lloyd Shapley, de 89 anos Alvin Roth, de 60 anos.

A láurea, cujo nome oficial é "prêmio do Banco da Suécia em Ciências Econômicas em memória de Alfred Nobel", será entregue em 10 de dezembro em Estocolmo.

Com informações da Agência Brasil e AFP Móvil

registrado em: