Você está aqui: Página Inicial / Internacional / Acidente de trem fere 550 pessoas em Buenos Aires; número de mortos é indefinido

Internacional

Argentina

Acidente de trem fere 550 pessoas em Buenos Aires; número de mortos é indefinido

por AFP — publicado 22/02/2012 13h53, última modificação 22/02/2012 13h53
A colisão de um trem cheio de passageiros contra uma barreira de contenção aconteceu na manhã desta quarta-feira 22. O último balanço realizado pela Polícia Federal argentina contabiliza 49 mortos
Argentina

Socorristas trabalham há várias horas para resgatar as pessoas presas nas ferragens dos vagões. Foto: ©AFP / Juan Mabromata

O choque de um trem cheio de passageiros nesta quarta-feira 22 em uma estação de Buenos Aires deixou um saldo ainda indeterminado de mortos e 550 feridos, informaram porta-vozes dos serviços de emergência e a Defesa Civil ao dar um novo balanço do ocorrido.

Estima-se, segundo informou o jornal "Clarín" citando números oficiais divulgados pela Polícia Federal, que o número de mortos chegue a 49.

"Há vítimas fatais. Ainda não sabemos quantas", disse à imprensa Daniel Russo, delegado da Defesa Civil, enquanto o chefe dos serviços de emergência da cidade, Alberto Crescenti, confirmou que "temos 550 feridos e ainda há 30 pessoas presas" nos vagões.

 

O acidente ocorreu às 08h35 local (09h36 de Brasília) no terminal Once da capital argentina, quando o trem não freou ao entrar em uma plataforma da estação e se chocou contra a última barreira de contenção, segundo as autoridades.

"Há pessoas com fraturas e ensanguentadas. Os feridos são muitos", declarou um passageiro, que se identificou apenas como Ezequiel e que viajava no segundo vagão, onde é autorizado o embarque com bicicletas.

Socorristas trabalham há várias horas para resgatar as pessoas presas nas ferragens dos vagões.

"O comboio entrou na estação a uma velocidade de 20 quilômetros por hora" sem frear, por causas que ainda são investigadas, disse o secretário de Transporte do governo, Juan Pablo Schiavi, ao descrever o acidente.

Cenas da tv local mostraram o resgate do maquinista, preso entre os ferros retorcidos da locomotiva, entre outros feridos que eram transportados em macas.

"Há pessoas com fraturas e ensanguentadas. Os feridos são muitos", declarou um passageiro, que se identificou apenas como Ezequiel.

"O trem estava muito cheio. O impacto foi tremendo. Eu vinha num vagão em que se pode viajar com bicicleta. As pessoas estavam desesperadas para sair", contou Ezequiel.

O último acidente ferroviário ocorrido na Argentina aconteceu em 18 de dezembro passado, quando uma locomotiva se chocou contra um trem repleto de passageiros parado numa estação da periferia sul da capital, com um saldo de 17 feridos.

Em 13 de setembro de 2011, nove pessoas morreram e 212 ficaram feridas no choque de dois trens e um ônibus numa passagem de nível do bairro metropolitano de Flores, a oeste, em um dos episódios mais graves dos últimos anos.

registrado em: