Você está aqui: Página Inicial / Economia / Ministros da UE bloqueiam empréstimo à Grécia

Economia

Crise na Europa

Ministros da UE bloqueiam empréstimo à Grécia

por Brasil Econômico — publicado 20/06/2011 12h23, última modificação 20/06/2011 12h23
Os ministros das finanças da Zona do Euro adiaram a liberação de parcela dos empréstimos emergenciais para a Grécia, pressionando o Parlamento a aprovar reformas fiscais.

Após uma longa reunião em Luxemburgo, que acabou de madrugada, os ministros informaram que a esperada aprovação "de leis chave sobre a estratégia fiscal e as privatizações" previstas na Grécia, "abrirá a via para o próximo pagamento daqui até meados de julho", segundo um comunicado.

Trata-se da quinta parcela de empréstimos, de € 12 bilhões, parte do resgate de € 110 bilhões aprovado no ano passado pela União Europeia e pelo Fundo Monetário Internacional (FMI).

Os ministros prometem desbloquear uma vez que o governo grego conte com o novo plano de austeridade, que o Parlamento votará no fim de junho.

No entanto, esta ajuda só aliviará a Grécia temporariamente até setembro. Está em discussão, além disso, um novo pacote de resgate ao país.

O programa, cujas linhas gerais os ministros previram definir no começo de julho, contará com a participação voluntária de credores privados, além dos fundos públicos, segundo acertaram os ministros da Zona do Euro em Luxemburgo.

*publicado originalmente no Brasil Econômico