Você está aqui: Página Inicial / Economia / Mercado estima crescimento de 3,4% para Brasil em 2012

Economia

Boletim Focus

Mercado estima crescimento de 3,4% para Brasil em 2012

por Redação Carta Capital — publicado 26/12/2011 14h24, última modificação 06/06/2015 18h57
Por outro lado, ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou que PIB do País pode avançar até 5% se crise internacional ceder
mantega

O ministro da Fazenda, Guido Mantega. Foto: Marcello Casal Jr./ABr

Enquanto o Ministério da Fazenda acredita que o Brasil deve crescer mais de 4% em 2012, o mercado estima o avanço do Produto Interno Bruto (PIB) em "apenas" 3,4% para o próximo ano. É o que aponta o boletim Focus, divulgado pelo Banco Central nesta segunda-feira 26.

A previsão do boletim vai de encontro às espectativas do ministro Guido Mantega, que criticou em 16 de dezembro as perspectivas pessimistas de instituições como a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp). Para a organização, o Brasil deve crescer 2,6% em 2012.  "Se a crise internacional diminuir, poderemos chegar a 5%”, disse.

Segundo o boletim, a previsão de crescimento da economia para 2011 registrou a quinta queda consecutiva e passou de 2,92% para 2,90%. O governo trabalha com uma projeção maior, de 3,5%.

Os dados do boletim também mostram uma elevação das previsões para a inflação em 2011. O mercado aumentou a estimativa de 6,52% da última semana para 6,54%, acima do teto da meta oficial de 6,5%.

Para o próximo ano, o mercado aponta uma queda na projeção da inflação de 5,39% para 5,33%.

O mercado espera que a Selic mantenha a trajetória de queda em 2012 e passe dos atuais 11% para 9,5%.

registrado em: ,