Você está aqui: Página Inicial / Economia / Governo e oposição fecham acordo de procedimento para votação do Mínimo

Economia

Debate

Governo e oposição fecham acordo de procedimento para votação do Mínimo

por Redação Carta Capital — publicado 10/02/2011 15h44, última modificação 10/02/2011 15h44
Enviado nesta quarta-feira 9 ao Congresso Nacional pela presidenta Dilma Rousseff, projeto de lei do novo piso salarial deve ser votado na próxima semana

Enviado nesta quarta-feira 9 ao Congresso Nacional pela presidenta Dilma Rousseff, projeto de lei do novo piso salarial deve ser votado na próxima semana

O líder do governo na Câmara, Cândido Vaccarezza (PT-SP), e as lideranças do PSDB e DEM fecharam um acordo de procedimento para a votação do Salário Mínimo. Ficou estabelecido que as emendas da oposição e do PDT serão debatidas e as votações das emendas com o valor superior a 545 reais, defendido pelo governo, serão nominais. “A gente concorda com a proposta de procedimentos e, se isso for garantido de fato, a oposição não fará obstrução durante o debate do Salário Mínimo”, disse ao jornal O Estado de S. Paulo o líder do DEM na Câmara, deputado Antônio Carlos Magalhães Neto (BA).

A votação do Mínimo deve acontecer na noite da próxima quarta-feira 16. Um dia antes, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, discutirá o valor com parlamentares em uma Comissão Geral na Câmara. Já o secretário executivo do mesmo ministério, Nelson Barbosa, se reunirá com as diferentes bancadas.