Você está aqui: Página Inicial / Economia / Governo arrecada 123,6 bilhões de reais em janeiro

Economia

Economia

Governo arrecada 123,6 bilhões de reais em janeiro

por Agência Brasil publicado , última modificação 25/02/2014 12h01
A arrecadação de impostos e contribuições federais em janeiro de 2014 foi maior do que em qualquer mês da história, segundo a Receita Federal
Marcello Casal Jr / Agência Brasil
dinheiro

Recolhimento é recorde histórico, segundo a Receita

A arrecadação de impostos e contribuições federais em janeiro de 2014 registrou número recorde em comparação à receita obtida em qualquer mês da história: 123,667 bilhões reais, contra 122,548 bilhões de reais de janeiro do ano passado (já corrigido pela inflação), segundo informou a Receita Federal. A receita representa uma sinalização de que o governo está consolidando os alicerces da economia para alcançar o superávit primário (poupança necessária para o pagamento de juros da dívida pública) de 1,91% do Produto Interno Bruto (PIB) anunciado para este ano.

Em teleconferência com jornalistas estrangeiros e analistas financeiros internacionais, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, já havia antecipado que o governo não vai descuidar do esforço fiscal em 2014 . “Não está previsto aumento de tributos, embora isso possa ocorrer. Vai ser uma espécie de reserva que temos, se for necessário, para melhorar a arrecadação”, declarou o ministro.

O estabelecimento de um reforço na arrecadação busca garantir uma receita capaz de atender às necessidades do país, embora não haja previsão para este de um leilão do pré-sal, como ocorreu no ano passado, que permitiu a arrecadação extra de 15 bilhões de reais. Também não está prevista, até o momento, a reabertura do Refis, um programa do governo que abre - por meio de redução de juros - uma janela de oportunidade para os devedores de impostos do governo.

* Publicada originalmente na Agência Brasil

registrado em: ,