Você está aqui: Página Inicial / Economia / Controlador do grupo J&F é indiciado por empréstimo cruzado

Economia

Investigação

Controlador do grupo J&F é indiciado por empréstimo cruzado

por Redação — publicado 19/02/2014 16h30
A PF indiciou também a ex-presidente do banco Rural Kátia Rabello. As instituições são suspeitas de simular negócios e inflar balanços

O controlador do grupo J&F Participações, Joesley Batista, e a ex-presidente do banco Rural Kátia Rabello foram indiciados pela Polícia Federal por supostos empréstimos cruzados entre as instituições financeiras nas quais possuem participação. A informação é do jornal O Estado de S.Paulo.

Ilegais, as operações envolveram empréstimos de 160 milhões de reais, segundo a reportagem. As penas podem chegar a seis anos de prisão.

As empresas, de acordo com a reportagem, recorreram a uma operação conhecida como "chumbo cruzado", usada para simular negócios e inflar balanços. O Banco Central também identificou irregularidades nos empréstimos entre o banco Rural e o banco Original, que pertence à J&F. O grupo nega a irregularidade.