Você está aqui: Página Inicial / Economia / Cargueiro da Vale: Atividade de terminal foi normalizada

Economia

Vale Beijing

Cargueiro da Vale: Atividade de terminal foi normalizada

por Redação Carta Capital — publicado 07/12/2011 10h49, última modificação 07/12/2011 11h28
O navio Vale Beijing, que se rompeu no sábado, foi rebocado para uma área distante do porto para que recarregamento fosse retomado

A atividade no Pier I do Terminal de Ponta Madeira, no Maranhão, já foi normalizada segundo a Vale. Uma rachadura em um navio operado pela empresa, de propriedade da sulcoreana STX Pan Ocean paralisou as operaçõs no local. A Vale calcula que cerca de 750 mil toneladas de minério de ferro deixaram de ser embarcadas com o incidente.

O navio foi rebocado para uma área distante da costa, denominada fundeio a cerca de 9km do píer da Vale. Neste local,  serão concluídos os trabalhos de reparação do navio e avaliação dos danos. Na noite do sábado 3, um dos tanques de lastro se rompeu. A retirada constante da água que entra na embarcação garante sua flutuação. Por meio de nota, o Ibama manifestou que, até a segunda-feira 5, não havia registros de óleo nem minério no mar.

O navio cargueiro, intitulado Vale Beijing, tem capacidade de transportar 400 mil toneladas deminério e possui 292 metros de comprimento e 45m de largura. Produzido pela STX, é o primeiro de oito supercargueiros que serão produzidos para o transporte de minério pela Vale ate 2013, através de um contrato bilionário com a empresa da Coreia do Sul.

registrado em: