Você está aqui: Página Inicial / Economia / Anunciada a parceria entre Shell e Cosan para competir no mercado de biocombustíveis

Economia

Energia

Anunciada a parceria entre Shell e Cosan para competir no mercado de biocombustíveis

por Redação Carta Capital — publicado 14/02/2011 16h22, última modificação 14/02/2011 16h22
Empresa vai se chamar Raízen e terá a capacidade de produzir 2 bilhões de litros de etanol por ano

Empresa vai se chamar Raízen e terá a capacidade de produzir 2 bilhões de litros de etanol por ano

A Shell e a Cosan anunciaram nesta segunda-feira 14 a criação da Raízen, empresa que atuará na produção e comercialização de açúcar, energia e etanol de cana-de-açúcar. A parceria já havia sido anunciada em agosto de 2009 e desde então estava condicionada à aprovação dos órgãos regulatórios.

A Raízen nasce como uma gigante, com um capital instalado de 12 bilhões de dólares e 40 mil funcionários. As 23 usinas da nova empresa têm capacidade de 60 milhões de toneladas de moagem de cana-de-açúcar para a produção anual de 2 bilhões de litros de etanol, 4 milhões de toneladas de açúcar e 900 MW de energia.

O negócio contará com uma rede de 4,5 mil postos revendedores no Brasil, mas também produzirá para o mercado externo.

"Nascemos grandes e queremos ser ainda maiores. A Raízen terá porte, talento, recursos e tecnologia para atender às necessidades de nossos clientes, da sociedade e dos acionistas. Queremos ser reconhecidos globalmente pela excelência no desenvolvimento, produção e comercialização de energia sustentável," diz o presidente designado da Raízen, Vasco Dias.